bebe mariah
Introdução alimentar
março 18, 2019
andador-mariah

andador-mariah

Uso do andador

Boa tarde mamães e papais!!


Hoje gostaria de usar o nosso espaço p/ orientá-las quanto ao uso do andador!!

A orientação principal é: NÃO utilizá-lo!!!

O andador apesar de ainda ter um uso muito popular, por conta dos pais acreditarem que eles oferecem maior segurança aos bebês, independência, promoção do desenvolvimento (auxiliando no treinamento da marcha), a prática de exercício físico (também pela maior mobilidade), além de ser um acessório que deixa os bebês extremamente faceiros e a falsa sensação de que fica mais fácil de cuidar

Porém, apesar de muitas de vocês acreditam que ao colocar os nossos pequenos no andador estarão auxiliando no desenvolvimento da criança. Mas e se eu falar para vocês que infelizmente, isso não acontece!!

Muito pelo contrário, ele trás muitos riscos e prejuízos aos nossos bebês, como:

• Aumento do risco de TCE (traumatismo crânio encefálico)

• Aumento do risco de afogamentos, queimaduras e intoxicações

• Prejudica o desenvolvimento neuropsicomotor

• Ensina o bebê a caminhar na postura incorreta

• Atrapalha o processo natural da marcha

• Desequilíbrio, aumentando o risco de acidentes

São diversos relatos que chegam até mim de pais e mães que já tiveram acidentes com o uso do andador, causando consequências muitas vezes graves aos seus filhos, por isso, motivos não faltam para repensarmos a utilização deste acessório.

Em países, como por exemplo o Canadá, não só o uso como a fabricação deste tipo de produto já foi proibida! E muitos outros estão buscando aderir a este movimento contra o andador. Enquanto isso não acontece aqui no Brasil, o nosso papel como médicos pediatras é fazer um alerta aos pais sobre os perigos do seu uso.

Para os pais que não possuem condições de ficar o tempo todo ao lado do bebê, uma alternativa mais segura é colocá-lo em um cercado com brinquedos, ao menos a criança estará em um ambiente controlado com menor possibilidade de acidentes.

Vamos zelar pela saúde e pelo desenvolvimento das nossas crianças. Deixem eles explorarem o território da maneira deles, engatinhando, se arrastando, andando com apoio, que quando menos esperarmos, no tempo deles, estarão caminhando e correndo pelos cantos de casa sozinhos e independentes!


Beijo grande.